Bem-vindos

Bem-vindos ao portal do  Ilê Obá Sileké (Casa do rei/Xangô que traz prosperidade).

Abrimos este espaço com o objetivo de apresentar o Candomblé, seus rituais, tradições e caminhos de cura aos mais diversos interessados.

Caso tenham interesse em participar dos nosso rituais abertos ao público, também serã muito bem-vindos. Nosso calendário de eventos pode ser encontrado aqui.



Estamos de luto

Mãe Beata de Yemonjá


não está mais entre nós.

No sábado, dia  27 de maio de 2017, faleceu com a idade de 86 anos em Nova Iguaçu / Rio de Janeiro. Mãe Beata foi uma grande mulher brasileira e ativista dos direitos humanos,  sacerdotisa do Candomblé  e mãe espiritual e muito querida de Baba Muralesimbe Murah Soares e da nossa casa.

Que Olorun a receba com misericórdia!




Atenção!

Devido ao tempo de um ano de luto, os tambores ficaram em silêncio e não serão realizados rituais públicos até maio de 2018 na casa Ilê Obá Sileké.

Crença

A vivência religiosa e a vida espiritual do Brasil é estampada de religiões de matriz africana. Milhões de brasileiros são integrantes do Candomblé, mesmo participando de rituais católicos. Um famoso integrante do Candomblé é o músico e ex-ministro da cultura Gilberto Gil.

Candomblé é uma religião afro-brasileira trazida entre os séculos XVI e XIX por escravos africanos para o Brasil. Desde 1970 essa religião, que por muitos anos foi proibida e perseguida pela Igreja e pelo governo, passou oficialmente a ser reconhecida como religião.


Unesco patrimônio cultural

O Brasil é um dos países da diáspora africana onde se encontra uma das maiores diversidades de tradições de matriz africana, como a capoeira e o samba. Também sao poucos os países que mantiveram religiões de origem Iorubá como o Candomblé.

Muito da cultura brasileira foi influenciado por mitos, danças e ritmos do Candomblé. O Candomblé tem assim grande importância na cultura e na vida do povo brasileiro. Entretanto, por se tratar de tradição oral, ainda é muito pouco o que existe hoje documentado sobre a religião.

Em 2005, o oráculo de adivinhações africano "Ifá", aspecto fundamental do Candomblé conhecido como jogo de búzios, foi reconhecido pela Unesco como obra-prima e imaterial do patrimônio da humanidade.