Ilê Obá Sileké

Com a abertura do Ilê Obá Sileké no ano de 2003 em Berlim na Alemanha, está sendo oferecido a todos adeptos e interessados no Candomblé, a posssibilidade de se cultuar, preservar e difundir esta religião, em toda sua beleza e força.

Babalorixá Muralesimbe, Samuel (Murah) Soares  fundador e zelador deste espaço, atua no Candomblé desde 1980. Iniciado pelo saudoso Babá Badu de Oxossi, no  Apó Axé Ala Nan Muji em Salvador, é atualmente filho de Yá Beata de Iemanjá, Beatriz Moreira Costa, do Ilê Omi Ojú Arô -Casa das Águas dos Olhos de Oxossi- no Rio de Janeiro.

Naturalmente, as atividades de uma Casa de Candomblé em Berlim não podem ser moldadas tipicamente como no Brasil. Algumas adaptações são necessárias, levando-se em conta a vida pessoal e profissional dos participantes da comunidade, bem como as limitações legais em respeito à matança de animais, ou mesmo o respeito aos horários de silêncio e a ausência de algumas plantas tropicais. Por outro lado, a globalização e a difusão de diversas culturas na capital alemã têm contribuído ao culto dos Orixás, pois podem-se encontrar diversos suprimentos fundamentais para o Candomblé em mercados asiáticos, africanos e árabes por exemplo, como ingredientes da culinária do axé e alguns acessórios e ervas necessárias para os ritos.

Os eventos do Ilê Obá Sileké atraem vários interessados e adeptos do Candomblé, até mesmo Babalorixás oriundos de várias partes do Brasil, residentes na Europa. As reuniões privadas acontecem todas as quartas-feiras para os filhos da Casa, enquanto que os rituais abertos ao público se realizam geralmente em sábados a cada dois meses.

Ele alerta para a importancia do culto aos Orixás, cuja proteção se faz presente aonde estiverem pessoas que convoquem estas forças, com fé  e respeito aos rituais e obrigações necessárias. Manipular a magia positiva da natureza, favorecendo o crescimento individual e o bem coletivo é o objetivo maior do Ilê Obá Sileké, em Berlim. Através primeiramente da consulta ao oráculo dos búzios, o consulente vem a saber como estão seus níveis de energia e proteção e todos os conselhos dos Orixás pra aumentar o bem-estar espiritual do mesmo. O Ilê Obá Sileké,  não oferece promessas de milagres e atos inusitados, mas sim, estabelece uma ponte entre o homem e as forças da natureza, simbolizadas pelos Orixás, ensinando-o a manipular e mover estas energias, visando a proteção e o crescimento espiritual. Desde o dia 8 de dezembro de 2007, passou a funcionar nas instalações do andar superior do Centro Intercultural Forum Brasil, contando com muitos adeptos e simpatizantes. Este espaço oferece além de consultas individuais, reuniões e rituais abertos ao público em geral, interessado em conhecer e participar das atividades do Candomblé.